Asset 57
Asset 54

Subscrição de conteúdo

Receba as novidades sobre os nossos produtos e serviços

08 Junho 2022

E-mail Marketing: envie e-mails e aumente a sua receita

O e-mail é uma das melhores formas para comunicar com os seus clientes. As suas principais funções passam por ajudá-lo a nutrir leads, aumentar o reconhecimento da marca e vender os seus produtos.
 

Existem mais de 4 bilhões de utilizadores de e-mail em todo o mundo — mais da metade da população mundial!
 

Neste artigo, vamos dar-lhe algumas dicas sobre como otimizar as suas campanhas de e-mail, e obter melhores conversões.

First things first: o que é o e-mail marketing?

O e-mail marketing define-se pelo envio de e-mails para clientes atuais e potenciais, para aumentar o reconhecimento da marca, criar engagement, nutrir leads ou fazer mais vendas.

Como empresa, não pode ignorar ou negligenciar o e-mail: é o canal com a maior taxa de conversão de todos os canais de marketing e oferece o melhor ROI!

Quais são os benefícios do e-mail marketing?

Aumentar o reconhecimento da marca 

O e-mail pode ajudá-lo a divulgar a sua marca, produtos e serviços, através da partilha de recursos valiosos, conteúdo educacional, notícias e atualizações, e muito mais, com os seus subscritores.

Deve, também, alinhar o conteúdo e o design do seu e-mail com a identidade da sua marca para criar/aumentar o seu reconhecimento.

Gerar tráfego para o site

O e-mail é uma excelente maneira de direcionar mais tráfego para o  seu site. Pode partilhar excertos de artigos recentes e levar subscritores interessados ​​para ler as versões completas no seu blog. Ou adicionar CTAs aos seus e-mails promocionais que levam os subscritores  às suas landing pages e páginas de vendas para saber mais sobre os seus produtos e/ou serviços.

Impulsionar as vendas e a receita

O e-mail pode ajudá-lo a colocar os seus produtos e serviços no radar dos seus clientes e experimentar diferentes técnicas promocionais para gerar mais receita. Por exemplo, pode oferecer descontos e portes grátis para acionar compras. Também pode (e deve!) utilizar técnicas de upselling e cross-selling para aumentar o valor médio do pedido.

Impulsionar outros canais de marketing

O e-mail permite integrar os seus canais de marketing e direcionar o tráfego para outros pontos de contacto com o cliente, como redes sociais, landing pages, blogs e eventos presenciais. 

Nutrir leads

Com o e-mail, tem espaço para variar as suas mensagens. Existem tantos tipos diferentes de campanhas de e-mail que pode enviar, e há muito espaço para criatividade. Mudar as suas campanhas de e-mail mantém os clientes interessados ​​e empolgados com a sua marca. Além disso, ajuda que a sua marca fique no topo da suas mentes.

Obter dados valiosos

O e-mail permite coletar dados de clientes e saber mais sobre o seu comportamento. Aproveite essas informações para melhorar os seus e-mails, produtos e serviços.

Também pode usar ferramentas de marketing por e-mail para configurar fluxos de trabalho automatizados, para acionar e-mails com base em ações específicas do cliente. Por exemplo, envie automaticamente um e-mail de boas-vindas assim que um contacto se inscrever na sua newsletter.

A automação não apenas economiza tempo e esforço, mas também ajuda a enviar o e-mail certo para a pessoa certa no momento certo, minimizando erros humanos e atrasos.

Como começar a utilizar o e-mail marketing

Se está apenas a começar no e-mail marketing, é fácil sentir-se perdido com todas as possibilidades.

Não é necessariamente difícil, desde que entenda os objetivos da sua campanha, e siga um processo sistemático para criar os seus e-mails.

Vamos orientá-lo em 5 etapas simples para criar as suas próprias campanhas de marketing por e-mail.

1: Defina o objetivo da sua newsletter

Antes de pensar em criar a sua campanha de e-mail, precisa entender por que a está a criar. O que espera alcançar com este e-mail? Que ação deseja que os seus contactos realizem após abrirem o seu e-mail?​​

Aqui estão algumas metas que pode definir para suas campanhas de e-mail:

🏁 Notoriedade da marca
🏁 Tráfego para o site
🏁 Aumento de receita
🏁 Nutrição de leads
🏁 Comentários e pesquisas

Entender o objetivo da sua campanha direciona os seus esforços e ajuda a alcançar resultados tangíveis. Certifique-se de que as metas da sua campanha de e-mail estejam alinhadas com as metas principais do seu negócio, para terem um impacto positivo nos seus resultados.

2: Defina o seu público-alvo

Não importa em que setor esteja, a sua empresa provavelmente tem vários tipos de clientes, cada um com características e necessidades próprias e exclusivas.

Para melhores conversões, deve segmentar os seus subscritores para cada campanha. Pode segmentar os subscritores com base em vários fatores, desde idade, sexo e localização até interesses, preferências, níveis de engagement e atividade online.

Após definir o seu público, é hora de criar um e-mail envolvente e focado em conversão que o ajude a atingir o seu objetivo.

3: Escolha o tipo de campanha 

Existem vários tipos de e-mails que as marcas enviam para atingir objetivos específicos. O tipo que escolher dependerá do seu objetivo e público-alvo.

Aqui estão alguns tipos populares de campanhas de e-mail que deve conhecer:

E-mail de boas-vindas: é o primeiro e-mail que um subscritor recebe quando se inscreve na sua lista de e-mail ou faz uma compra.

Com uma taxa média de abertura de 50%, os emails de boas-vindas são uma ótima maneira de apresentar a sua marca, produtos e serviços a novos contactos.

Carrinhos abandonados: as campanhas de carrinho abandonado são e-mails enviados aos compradores que visitaram a sua loja, colocaram alguns itens no carrinho, mas saíram sem concluir a compra.

Esses e-mails são uma ótima maneira de persuadir os que abandonaram o carrinho a voltar ao site, e a concluir a compra.

Como os desistentes de carrinho são pessoas que já demonstraram interesse na sua loja e produtos, pode atraí-los de volta com lembretes, e oferecer incentivos, como descontos e portes grátis.

Newsletters: as newsletters são o tipo mais popular de campanhas de e-mail.

Geralmente não são promocionais por natureza, e as marcas podem utilizá-las para partilhar notícias e atualizações da indústria em questão, dicas, truques, recursos, artigos de blog, e muito mais!

As newsletters são enviadas de forma regular, semanal, quinzenal ou mensalmente. É uma ótima forma de construir confiança e relacionamento de longo prazo com os seus clientes.

E-mails promocionais: estes e-mails são enviados para promover os seus produtos e serviços, ao destacar recursos, mostrar reviews e testemunhos, e adicionar CTAs para comprar ou saber mais.

E-mail pós-compra: estes e-mails são enviados depois de um cliente comprar na sua loja, para maximizar e melhorar a sua experiência de utilizador. Por exemplo, pode fazer este tipo de comunicação com uma atualização sobre a expedição de compra, solicitar uma review ou até oferecer um desconto no próximo pedido.

4: Escolha o momento perfeito para enviar o seu e-mail

O tempo é crucial quando se trata de uma campanha de e-mail marketing eficaz.

Se enviar uma campanha de e-mail às 3 da manhã, quando a maioria dos seus subscritores dorme, o seu e-mail será provavelmente esquecido sob a enorme pilha de outros e-mails que chegarão às caixas de entrada dos seus subscritores, quando eles acordarem na manhã seguinte.

Para obter o máximo de interação com os seus e-mails, precisa enviá-los na hora certa, incluindo a hora e o dia da semana.

Vejamos alguns dados sobre os melhores horários e dias para agendar os seus e-mails:

📅 Os melhores dias para enviar e-mails são terça, quarta e quinta-feira.
🕗 Os melhores horários para enviar um e-mail são 10h, 14h e 20h.

Lembre-se de que o horário certo pode variar, dependendo do seu público-alvo, portanto, considere a localização e o fuso horário antes de agendar os seus e-mails.

5: Analise o sucesso das suas campanhas de e-mail

Uma das melhores coisas no e-mail marketing é que pode acompanhar e melhorar continuamente o desempenho das suas campanhas.

A maioria das ferramentas de e-mail marketing oferece análises e painéis detalhados para ajudá-lo a entender se os seus e-mails estão a ter o efeito desejado ou não.

Aqui estão algumas métricas-chave que deve acompanhar para todas as suas campanhas de e-mail:

Taxa de abertura: mostra o número médio de aberturas que os seus e-mails recebem. As taxas de abertura podem ajudá-lo a analisar a eficácia do seu copy no assunto de e-mail, nome do remetente e texto pré-cabeçalho (o snippet visível logo após a linha de assunto).

Taxa de cliques: mostra o número médio de vezes que os subscritores clicaram nos links ou CTAs nos seus e-mails. A taxa de cliques é uma métrica importante para entender o engagement do e-mail.

Taxa de rejeição: mostra a percentagem dos seus contactos que não receberam o seu e-mail. Uma alta taxa de rejeição pode indicar que a sua lista de e-mail está cheia de contactos inativos, falsos ou desatualizados, ou que precisa alterar o seu provedor de serviços de e-mail.

Cancelamento de subscrição: mostra o número de pessoas que cancelaram a assinatura da sua lista de e-mail. Altos cancelamentos de assinatura podem indicar que o conteúdo do seu e-mail não é relevante para seus subscritores ou que os seus e-mails não estão a ser enviados para o público certo.

Denúncias de spam: mostra o número de vezes que os seus e-mails foram marcados como spam. Isso pode ser devido a linhas de assunto com spam, conteúdo de e-mail irrelevante, e-mails não solicitados ou problemas com o seu software de e-mail marketing.

Outras métricas de e-mail incluem taxas de conversão, páginas mais visitadas, links de melhor desempenho, taxas de abertura em dispositivos móveis, receita gerada por e-mail e muito mais. Na verdade, existem dezenas de métricas que pode acompanhar dependendo do software de e-mail marketing que estiver a utilizar.

Alinhe as suas métricas com as suas metas de e-mail marketing para otimizar as mais importantes que ilustram o que funciona e o que não funciona.

E-mail marketing: dicas para criar uma campanha de sucesso

1. Escolha uma lista de e-mail relevante


Para garantir que os seus e-mails tenham o máximo impacto, precisa enviá-los para as pessoas certas.

Por exemplo, um acordo ou evento regional de uma marca com presença internacional deve ser direcionado apenas ao público regional relevante. Outras formas de segmentar para um público-alvo altamente relevante incluem dados demográficos, como faixa etária ou sexo.

Não procure por maneiras antiéticas de aumentar a sua base de dados, como comprar listas de e-mails. Isso não é apenas mau para suas taxas de engagement e conversão, mas também pode fazer com que seja bloqueado ou marcado como spam por provedores de serviços de e-mail (ESPs).


2. O design é fundamental!

O seu e-mail pode estar cheio de conteúdo valioso e perspicaz, mas se não for visualmente apelativo, pode não ter muito impacto.

Aqui estão algumas dicas:

Adicione o seu logótipo, use as cores e fontes da sua marca e mantenha o design alinhado com a identidade visual da sua marca.

Adicione espaços em branco: deixe o seu conteúdo de email respirar, adicionando espaço em branco ou áreas em branco ao redor do texto e dos objetos visuais. Isso ajuda o design do seu e-mail a parecer limpo e profissional e torna as informações mais fáceis de ler.

Utilize imagens: o texto simples pode fazer com que o seu e-mail se torne aborrecido, por isso, adicione imagens e GIFs para tornar os seus e-mails mais atrativos. 

Torne os seus e-mails responsivos: os seus e-mails devem ficar ótimos em computadores e dispositivos móveis. Evite usar imagens grandes que não carregam corretamente em ecrãs pequenos ou com internet mais lenta.

Estabeleça uma hierarquia visual: utilize alinhamento, tamanhos de fonte variados e outros princípios de hierarquia visual para organizar os seus elementos de design de e-mail.
 

3. Personalize a linha de assunto e o conteúdo do seu e-mail

Os seus subscritores querem ser tratados como seres humanos, com identidades e necessidades individuais. E é exatamente isso que a personalização de e-mail permite fazer.

A personalização é quando usa os dados do subscritor para personalizar a linha de assunto, o conteúdo ou o design do seu e-mail para cada contacto individual, para que o seu e-mail pareça mais pessoal e relevante.

Aqui estão algumas formas de personalizar os seus e-mails:

💡 Mencione o nome do subscritor na linha de assunto para chamar a atenção;
💡 Utilize a localização do subscritor para promover eventos ou vendas nas proximidades;
💡 Envie recomendações personalizadas de produtos com base em compras anteriores.

Estudos mostram que a personalização de e-mail pode aumentar as taxas de abertura em 22,28% e as taxas de cliques em 3,32%.

4.Faça follow-ups

Às vezes, um único e-mail não é suficiente. Precisa existir um segundo ou até um terceiro e-mail para nutrir os seus subscritores e convertê-los com sucesso.

Pode aplicar isso a vários tipos de campanha de e-mail — desde funis de carrinho abandonados a funis de redirecionamento, ou até uma série de e-mails de boas-vindas. 

Aqui está um exemplo de uma série de carrinhos abandonados que ajuda a recuperar as vendas:

🛒 Lembre os subscritores que eles deixaram alguns itens no carrinho;
🛒 Envie um cupão de desconto que eles podem aplicar no check-out;
🛒Crie urgência informando os subscritores que seu carrinho expirará em breve.

Pode configurar facilmente fluxos de trabalho de e-mail com automação de marketing. Tudo o que precisa fazer é criar os seus e-mails, definir gatilhos e tempos de espera e, em seguida, relaxar e deixar o software de automação fazer o trabalho pesado.

Lembre-se, há uma linha ténue entre acompanhar e ser irritante. Espace os seus e-mails de follow-up e limite o número de e-mails que envia. Se não fizer isso, há uma grande hipótese de alguém cancelar a subscrição ou da sua marca ser marcada como spam.
 

5. Envie e-mails de uma pessoa real

Utilize um nome de remetente reconhecível para chegar às caixas de entrada de seus subscritores e soar menos como uma marca e mais como um ser humano.

E-mail marketing: preparado para sua primeira campanha? 📧

O e-mail marketing veio para ficar. Se não está a utilizá-lo ao máximo, está a perder muito potencial de receita.

Precisa de ajuda?! Encontrou o sítio certo. Fale com os nossos especialistas na Netgócio, e comece a enviar e-mails que convertem amanhã!



 

+ informações

Subscrição de conteúdo

Receba as novidades sobre os nossos produtos e serviços

+ informações

Flash Talks - Episódio 1 Como criar uma loja online de sucesso
Asset 57
Asset 57
Utilizamos cookies próprios e de terceiros para lhe oferecer uma melhor experiência e serviço.
Para saber que cookies usamos e como os desativar, leia a política de cookies. Ao ignorar ou fechar esta mensagem, e exceto se tiver desativado as cookies, está a concordar com o seu uso neste dispositivo.