Asset 57
Asset 54

Subscrição de conteúdo

Receba as novidades sobre os nossos produtos e serviços

24 Abril 2020

Sabe se a sua estratégia digital está bem definida?

Bill Gates, fundador da gigante Microsoft, disse “Em alguns anos, haverá dois tipos de empresas: as que fazem negócios pela internet e as que estão fora dos negócios.” Conscientes disso mesmo, alguns empresários correram para ter algum tipo de presença online e criaram um site, alguns até com loja online. Mas será suficiente? 

Será que estão mesmo a aproveitar todas as potencialidades do online? Como saber se a sua estratégia digital está bem definida? No artigo de hoje, vamos ajudá-lo a perceber se a sua empresa tem uma presença digital forte, se a estratégia que está a seguir está bem definida e se aproveita tudo o que o digital tem para oferecer.

Abaixo, vai encontrar 10 perguntas de sim ou não. Por cada “sim” que responder, conte um ponto. No fim, fazemos uma avaliação rápida conforme o seu número de pontos. Está pronto? Vamos lá!  

1. É fácil encontrar o seu negócio?

Faça um teste rápido. Abra o Google e pesquise sobre aquilo que a sua empresa comercializada. Por exemplo, se o seu negócio for de portas e janelas à medida pesquise isso mesmo: “portas à medida”. Aparece nos primeiros resultados de pesquisa? Está pelo menos na primeira página? Na segunda? 

Se aparece, como é que se apresenta? O título é claro quanto à sua empresa e ao seu ramo de negócio? A meta description (o pequeno texto que aparece logo a seguir ao título) dá informações adicionais e relevantes sobre os seus produtos ou serviços? 

Como pode imaginar, estes são campos fundamentais para um potencial cliente, pois são a primeira impressão sobre a sua marca, e devem ser feitos estrategicamente. 

2. A informação no seu site está correta e atualizada?

Informação simples como a morada, o telefone e o e-mail são a ponte entre a sua empresa e potenciais clientes. Quanto ao e-mail pelo qual os clientes devem contactar, há realmente alguém do outro lado para responder com eficiência e rapidez?

Se tiver uma loja online, os stocks estão atualizados? Há informações sobre os seus produtos que ainda não estão no site? É importante que ofereça informação atual, correta e de fácil acesso. 

3. O seu site adota técnicas de SEO?

O SEO (Search Engine Optimization) é um conjunto de técnicas que permite posicionar o seu site nos primeiros resultados de pesquisa de um determinado assunto. Se o conseguir fazer,  significa que os utilizadores dão de cara com o seu site, aumentando as impressões e, quem sabe, as conversões também. 

Por exemplo, sabe quais as palavras-chave mais importantes e utiliza-as nos seus títulos e textos? Estrutura os seus conteúdos com HTML SEO-friendly? As imagens estão otimizadas? Trabalha os seus atributos? Perde algum tempo a estruturar os dados meta do seu site?
Se não estiver a seguir técnicas de SEO, pode estar a perder milhares de potenciais clientes que, provavelmente, são levados para o site dos seus concorrentes. O SEO ocupa um espaço extremamente importante no seio de uma estratégia de marketing digital e já falamos sobre isso mesmo aqui no Blog. Veja qual a importância do SEO para as empresas.

4. O design do seu site é responsivo?

O seu site abre rapidamente, preferencialmente em menos de 5 segundos? Pessoas que nunca viram o seu site antes percebem intuitivamente como este funciona e onde pode encontrar produtos, contactos ou outras coisas importante? Se utilizarem um smartphone ou tablet, o seu site vai funcionar adequadamente? 

Desengane-se se acha que ter um site com design responsivo é só ter um site bonito. Um bom design inspira confiança, credibilidade, reforça a identidade de marca e faz com que a navegação no site seja simples e intuitiva. Um bom design pode ser a diferença entre uma compra e uma saída instantânea, refletindo-se numa alta taxa de rejeição. 

Um design responsivo significa oferecer ao cliente uma experiência de compra mais satisfatória, simples e intuitiva em qualquer dispositivo, deixando-o feliz.

Saiba porque é o design é essencial
para a sobrevivência do seu e-commerce.

5. As rede sociais são alimentadas frequentemente?

Tem redes sociais? Se sim, com que frequência faz publicações? Segue um plano editorial feito estrategicamente e alinhado com outras ações? Ou publica conforme a disposição e disponibilidade? Quanto ao conteúdo, o que é que está a oferecer ao seus clientes? Eles interessam-se e identificam-se com aquilo que está a partilhar? Há engajamento, isto é, fazem like, comentam ou partilham os posts? As imagens e linguagem são as mais adequadas para o seu público? 

Estas são algumas questões que se deve perguntar quando olhar para as suas redes sociais. Uma estratégia digital bem definida utiliza-as para criar uma ligação entre uma marca e o seu público, o que a longo prazo se reflete em confiança e, quem sabe, numa transação.
 
Já aqui explicamos porque é que as redes sociais

6. Anuncia nas redes sociais?

Sim, as redes sociais são uma ótima forma de criar uma ligação com os seus clientes, oferecendo-lhe conteúdo de que gostam e que queiram partilhar com os seus amigos e seguidores. Para além desta potencialidade, as redes sociais permitem mostrar os seus posts e produtos apenas àqueles que realmente importam: que procuram e realmente se interessam. 

Voltemos ao exemplo das portas e janelas à medida. Imagine que tem uma fábrica no Porto e, apesar de poder fazer trabalhos em Braga ou Aveiro, o que lhe interessa mesmo é aumentar os serviços que faz no distrito do Porto. Nas redes sociais, pode definir as áreas onde o seu anúncio aparece mais. Já pensou nas potencialidades desta ferramenta? 

7. Já criou conteúdos para gerar leads?

Leads são utilizadores que demonstraram interesse no seu produto ou serviço e deixaram um contacto, como o e-mail,  para serem novamente contactados ou receberem mais informação. O objetivo é voltar a comunicar com estes utilizadores oferecendo algo mais: e-book, uma newsletter ou um código de desconto, por exemplo. 

Tem uma base de dados ativa e interessada no seu produto ou serviço? Já fez uma campanha para a angariar? Antes de partilhar o quer que seja, é preciso que essas leads existam, ou seja, é preciso uma base de utilizadores interessados com quem possa manter o contacto, construir e nutrir uma relação e, posteriormente, incentivar à compra. 

8. Tem uma estratégia de e-mail marketing?

Costuma comunicar com os seus clientes e potenciais clientes por e-mail? Se sim, todos os contactos recebem o mesmo e-mail independentemente da interação ou daquilo que compraram anteriormente? 

Durante muito tempo, o e-mail marketing foi dado como morto, aparentemente por falta de resultados e por ser uma estratégia ultrapassada. Porém, percebeu-se que, feito de forma segmentada, estruturada e acima de tudo, assente numa estratégia geral, o e-mail marketing tem resultados até muito interessantes, o que faz com que seja uma estratégia a ter em conta. 

9. Tem blog?

O seu site tem um blog? Se sim, o que partilha lá? Com que frequência? Os conteúdos são preparados previamente num plano de conteúdos? São feitos segundo uma lógica de SEO? E a seguir, partilha-os em algum lado, nas redes sociais por exemplo?

O blog pode dar um contributo muito importante no topo e meio do funil de vendas. Quando otimizado para motores de busca, é um poderoso gerador de tráfego. Por outro lado, o blog é um espaço onde podemos prestar esclarecimentos sobre o nosso produto, serviço ou indústria, posicionando-nos como especialistas e fortalecendo a relação com o utilizador. Conheça outras razões para investir num blog e em marketing de conteúdo.

10. O desempenho dos diferentes canais é acompanhado?

Faz algumas das ações acima, mas acompanha o seu desempenho e performance? Que estratégia e canal funcionam melhor? Sabe onde tem de investir mais tempo e dinheiro para ter mais resultados? Sabe de onde vêm os seus clientes e o que procuram até chegar? Que caminho percorrem até fazerem uma compra? 

Ao responder a esta questões tirará conclusões muito importantes que o vão ajudar a afinar a sua estratégia e a conseguir melhores resultados. Poderá perceber o que é que no seu site os atrai e o que os afasta, onde passam mais tempo e que página abrem e saem logo. Esta informação é valiosa! 

Apontou as suas respostas e os pontos? Veja agora os resultados. 
 

Entre 1 e 3 pontos - Precisa mesmo de trabalhar a sua presença digital!

Se só faz 1 a 3 coisas acima mencionadas, significa que sua presença digital é quase inexistente e tem muito por onde trabalhar. Mas não desespere! A boa notícia é que passo a passo, conseguirá ter uma estratégia mais completa, o que vai permitir chegar a cada vez mais potenciais clientes e, assim, registar mais vendas. 

Entre 4 e 7 pontos -  Está no caminho certo, mas pode melhorar!

Se conseguiu esta pontuação, significa que está no caminho certo e já está a fazer muita coisa bem. Ao que tudo indica, a sua presença online é boa e é fácil encontrar a sua empresa e perceber o que comercializa. Se melhorar a sua estratégia, a sua empresa pode mesmo vir a ter a uma presença online bastante relevante.

Entre 8 e 10 pontos - Boa! Tem uma estratégia digital bem definida e completa! 

Se conseguir 8 a 10 pontos, está muito bem encaminhado! Significa que a sua estratégia é completa e utiliza vários meios para chegar a clientes e potenciais clientes. Mas saiba que no digital o céu é o limite e ainda há muito por onde crescer!

Neste momento, a Netgócio está a oferecer uma consultorias grátis. Esta é uma análise e avaliação rápida e superficial que, apesar de lhe dar uma ideia da qualidade da sua estratégia, não é completa. Para saber exatamente o que lhe está a faltar, mas acima de tudo, o que pode melhorar, entre em contacto connosco. 

A nossa equipa de especialistas em marketing analisa dezenas de fatores e faz as perguntas certas de acordo com a sua área de negócio, comparando com a concorrência. No fim, deixamos um conjunto de recomendações que vão melhorar a sua presença digital e pô-lo na linha da frente.  Saiba mais! 

+ informações

Subscrição de conteúdo

Receba as novidades sobre os nossos produtos e serviços

+ informações

Nogueira & Monteiro Cliché
Asset 57
Asset 57
Utilizamos cookies próprios e de terceiros para lhe oferecer uma melhor experiência e serviço.
Para saber que cookies usamos e como os desativar, leia a política de cookies. Ao ignorar ou fechar esta mensagem, e exceto se tiver desativado as cookies, está a concordar com o seu uso neste dispositivo.